terça-feira, 19 de abril de 2016

Os benefícios da Justificação - Lição 4

O cerne e o centro da carta do apóstolo Paulo está nesta lição, que é muito simples de entender: Jesus Cristo morreu na cruz do calvário para justificar o pecador. Morte vicária, i.é., substituta. Ofereceu-se como sacrifício perfeito para pagar os pecados da humanidade. Daí o profeta João Batista dizer em João 1.29 "eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo".  Daí o próprio Cristo dizer: Tetelestai, ou seja, está consumado = tudo está pago.

Esta lição baseia-se no capítulo 5 de Romanos e trata dos benefícios da justificação, mais especificamente, o que o justificado ganhou:
Paz, com Deus e consigo mesmo,
Alegria, pois nenhuma condenação há e os pecados todos lançados no mar do esquecimento,
Esperança,
Acesso a Deus,
Comunhão com Deus e com os santos [igreja],
A presença do Espírito Santo,
As promessas do Salvador Jesus Cristo.
Dentre outros benefícios.

A benção da graça justificadora traduz-se pela paz imediata [Rm 5.1], pelo perdão dos pecados através da em Cristo Jesus. Resumo: pela fé o culpado é declarado justo. Simples assim. Em Romanos 5.2, no final do verso o esclarecimento é claro: "no gloriamos na esperança da glória de Deus" e em Gálatas 6.14 "Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo". Resumo: Os judeus se justificavam por vir da semente de Abraão, circuncidados e a Lei mosaica. E o apóstolo Paulo aponta para a Cruz e na esperança dela provinda. Simples assim!

As bençãos do amor trinitário está no silêncio da cruz e em toda ação de Deus pelo homem. Romanos 5.5, João 3.16, 1Jo 4.8, 16 e outros tantos versos são expressivos neste tema. Deus é puro amor e a fonte. O Espírito Santo atua no homem através do derramar dos dons. Simples assim!

Justificados pois mediante a fé em Cristo, i.é, a fé de que Cristo levou os meus pecado [Isaias 53], a fé de que meus pecados foram apagados e não mais lembrados por Deus, já que foram pagos, a fé de que o Espírito Santo me confirma ser nova criatura e assim filho de Deus. Simples assim! Soli Deo Gloria.

Francisco Neto

The Best Articles