sábado, 1 de janeiro de 2011

Atos - A Ação do Espírito Santo Através da Igreja - Lição 1

INTRODUÇÃO
O ano de 2010 passou velozmente e na EBD, principal veículo de ensino da Igreja, encerramos mais um trimestre e para o próximo trimestre as lições terão base no livro de Atos dos Apóstolos. Estudar este livro é um presente de Deus. A oportunidade nos foi dada para entender a profundidade teológica do Pentecostes e suas implicações, aprender sobre o legado da Igreja primitiva, o avanço da Igreja, os milagres, os personagens, os problemas mais comuns anotados no serviço sagrado, etc. Tenho fé que aprenderemos muito mais do que está proposto na revista.

I - AUTORIA, DATA E TEMA
Sobre a autoria, não temos um registro direto dizendo quem o seja. Atos 1.1-3 se assemelha a Lc 1.1-2, e, da mesma humildade e forma modesta de que Lucas usou no seu primeiro tratado [Lucas], assim o fez em Atos, não se evidenciando [At 16.40; At 20.5-15; At 21.1-18; At 27.1-16; 28.1-16].  Compensa ler Cl 4.14; Fl 24.

A data da escrita não pode ser posterior a 63, isto basicamente porque em 64 até a ano 70 houve ataques e invasões em Jerusalém culminando com uma destruíção de parte da cidade antiga, destruíção do grande templo, matança de judeus e também muitos cativos sendo levados à Roma. Também pela morte do Apóstolo Paulo, que estava preso em Roma, e, sendo este tão importante evangelista e instrumento nas mãos de Deus no avanço da Evangelho nos confins da terra, deveria Lucas então registrar a sua morte. Porém, estes fatos não se acham no livro de Atos justamente porque se deram posterior ao ano 63, assim como a história nos diz. Logo, temos que Atos dos Apóstolos foi escrito antes de 63 d.C.

Quanto ao tema não podemos somente dizer que se centraliza na expansão triunfal do Evangelho. Temos que dar especial atenção no estabelecimento e desenvolvimento da Igreja, descida  do Espírito Santo, consagração dos obreiros/diáconos, as objeções contrárias ao serviço santo, os milagres, serviço missionário, etc.

II - O CONTEÚDO DE ATOS DOS APÓSTOLOS
Aqui, no conteúdo deste livro, é onde de fato veremos se o ensinador/mestre se preparou, estudou, aprofundou-se no texto, contexto, teologia e prática desta importante porção bíblica.

Os eventos pré-pentecostais, englobam também a grande comissão registrada nos evangelhos, especialmente Mt 28.18-20; Mc 16.15-20; Lc 24.49-53. A advertência do próprio Cristo em permanecer em Jerusalém. A subida de Cristo ao céu é algo extraordinário, a nada comparável, pois nos faz pensar em como seremos elevados aos céus. A escolha de Matias dá mostra já da ação do Espírito, apesar dEle não ter ainda descido em cumprimento de ato profético e/ou promessa de Cristo.

Sobre evento pentecostal não nos limitemos a olhar apenas para o Pentecostes. Em destaque temos o Pentecostes e suas implicações, a começar sabe-se que se deu em cumprimento profético [Is 32.15; Jl 2.28-32] mais também pelo que Jesus Cristo também prometeu [Jo 7.38-39; Jo 14.16-17,26-29; Jo 15.26-27; Jo 16.7-11,13-14; Jo 20.21-22]. Lembrando que não se considera outro pentecostes o que nos é narrado na casa de Cornélio [At 10], especialmente nos versos 44 a 46. De igual modo também não se confunde o pentecostes com o batismo narrado em At 19.1-7 onde os discípulos de João Batista foram cheios do Espírito Santo, falavam em linguas e profetizavam.

Os eventos missionários é algo singular e de muita relevência em Atos, a começar na própria Jerusalém, pois lá testemunharam de Cristo, a Igreja cresceu e muitas almas que até então não haviam crido, passaram a crer. Antes da conversão e Saulo, note-se o evangelista Filipe [At 8; At 21] a quem comparo sua obra evangelística com a de Paulo. E evidentemente, através de Paulo, as missões aos gentios, isto é, parte dos confins da terra habitada naquele tempo.

III - O PROPÓSITO DE ATOS DOS APÓSTOLOS
O verso que reflete este tema com grande força é At 1.8. Fala de receber poder, para testemunhar de Cristo num ambiente totalmente expansivo. Claro que primeiro temos a origem da Igreja máter e seu formato original, descida do Espírito à Igreja, expansão maciça do evangelho e oposição total do inimigo em todos os tempos. 

A narrativa do avanço da Igreja, sua expansão não pode ser vista apenas com um olhar histórico, pois houve muito labor, suor, lágrimas e sangue. Vidas foram ceifadas, mártires foram tombados, e, como disse Tertuliano: "O sangue dos mártires era a semente do evangelho...". Um preço foi e deve ser pago no evangelismo.

Estes registros, narrativas todas muito edifica a Igreja, fortalece e nos leva a depender efetivamente da ação do Espírito Santo na Seara santa, cumprimento do ministério e zelo vocacional. A marca deixada pelos antigos: compromisso com a missão e amor/paixão pela vocação, não deve ser esquecida.

CONCLUSÃO
Atos dos Apóstolos é uma fonte riquíssima da ação de Deus sobre o mundo. Estou certo, convicto que aprenderei muito através destas lições. Soli Deo Gloria.

Profº Netto, F.A.

4 comentários:

  1. Paz seja contigo professor.
    Realmente o livro de Atos é tem um toque especial.
    Você disse que "Logo, temos que Atos dos Apóstolos foi escrito antes de 63 a.C.". Não seria d.C?

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Caro Brother Wanderson Sabino, paz seja contigo também! Quero aqui agradecer pela visita e participação. De fato houve cometi um lapso ao escrever sobre a data da escrita de Atos dos Apóstolos. Já consertei. Te agradeço.

    Att.,
    http://wwwteologiavivaeeficaz.blogspot.com/

    Profº Netto, F.A

    ResponderExcluir
  3. Professor, fico muito feliz com sua visita no blog.
    Que Deus te abençoe nesta caminhada pelo livro de Atos e não apenas te revele sua palavra, mais que o desejo insaciável pelo mesmo poder que se manisfestou no passado arda no seu espirito e você não descanse até encontra-lo.

    Fica na paz do Senhor e um ano 2011 de vitórias e realizações no ministério e também na família.

    Pra Thaís Itaborahy
    www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Paz seja contigo meu irmão Profº Netto, F.A .
    Obrigado pela visita.
    Estamos aqui pra colaborar um com o outro na obra.

    Abraços.

    http://wandersonsabino.blogspot.com

    ResponderExcluir

The Best Articles