segunda-feira, 2 de maio de 2011

A Morte do Osama Ressuscita o Obama

O presidente Obama anunciou a morte de Bin Laden às 23:30hs de domingo, dia 1º de maio, [às 0:30 desta segunda no Brasil] em um pronunciamento transmitido pela TV desta segunda feira [dia 2 de maio] disse o presidente americano Barak Obama: "Bin Laden está morto, o mundo é melhor sem o Osama".  E ao anunciar a morte do terrorista Osama Bin Laden, líder da rede Al Qaeda, que figurava na lista da CIA como terrorista número um, isto é, mais procurado pelos Estados Unidos da América, e, assim o presidente americano marcou um gol de placa no campo político, especialmente porque a morte de Osama era prioridade do ex-presidente Jorge Bush que não conseguiu em dois mandatos. Obama conseguiu em pouco. Porém, esta vitória faz muito eco internamente porque o presidente Barak Obama estava em queda e os americanos foram às ruas como se tivessem ganhado uma guerra.

Onde estava escondido o Osama Bin Laden?
Ele estava homiziado, isto é, escondido numa mansão no Paquistão, na cidade de Abbottabad, a 100 km de Islamabad, capital do Paquistão e a cerca de 50 km do Afeganistão. A mansão era fortificada, cercada por muros de até 5 metros de altura e era oito vezes maior que outras casas na região. Também todo o lixo era queimado ao lado da casa. A mansão era vizinha de uma academia militar. Osama não usava telefone ou conexão de internet.

Como foi Osama foi morto?
Bin Laden foi morto com dois tiros, um na cabeça e outro no peito, após resistir à prisão, em uma operação da tropa de elite do exército americano. Foram mortos: um mensageiro do Osama e seu filho, um filho de Osama, uma mulher e o Osama Bin Laden.

Sobre o corpo do Obama
Foi levado pelos americanos e após retirado amostras de sangue foi lançado ao mar árabe. Não foi sepultado em terra para que não viesse a acontecer peregrinações futuras e vir a ser venerado como martir ou ainda suscitar novos adeptos ao terrorismo.

As implicações políticas:
  • O presidente Barak Obama se fortalece internamente;
  • Aparecerão substitutos para o Osama;
  • A Al Qaeda, que tinha Osama como Líder, terá dificuldades em se organizar;
  • O Paquistão, país onde Osama estava homiziado deverá sofrer sanções de outros países; Das duas uma: ou o Paquistão foi aliado do Osama ou foi muito fraco militarmente;
  • Bom seria se ao morrer Osama, morresse a Al Qaeda e o Terrorismo. Nisto eu sou pessimista, o terrorismo está vivo;
  • Osama será martirizado;
  • Obama, politicamente estará ressuscitado, sua popularidade vai disparar;
  • Também o Comandante que comandou as operações será beneficiado, uma vez que se aproxima a sua aposentadoria. Não nos surpreende se lançar à política;
  • O Presidente Obama deve acelerar a retirada das suas tropas do Afeganistão e também do Iraque, aliviando o gasto público que é enorme.
Na verdade a morte do terrorista Osama Bin Laden não é uma vitória do presidente Obama, é uma vitória do mundo. E você leitor me pergunta: Qual é a implicação teológica? Simples, esta ideologia louca de morrer por uma fé cega não é de hoje, ela remonta ao tempo das Cruzadas e até antes. Esta insensatez, martirizar-se por uma ideologia está longe de acabar. Como disse o presidente Barak Obama: "...O mundo é um lugar melhor e mais seguro por causa da morte de Osama Bin Laden..., justiça foi feita".

Profº Francisco Netto.

7 comentários:

  1. Olá prof. Netto, é com grande prazer que deixo o meu comentário. A REPORTAGEM é relevante e creio ser o que todos esperavam há anos,
    abraços ao casal.

    ResponderExcluir
  2. Caro Professor Netto,

    "Simples, esta ideologia louca de morrer por uma fé cega não é de hoje, ela remonta ao tempo das Cruzadas e até antes. Esta insensatez, martirizar-se por uma ideologia está longe de acabar."

    Estoy de acuerdo si es de morrer de ideologia de fe. Pero yo estoy hablando para la fe no para la idelogia de fe.

    Se me é permitido expressar uma opinião diferente, o ponto de vista da ortodoxia, que não considera o testemunho como um dano remédio para a justiça deDeus, acreditava no catolicismo, mas como prova de maus-tratos de pessoas. No e tempo de morte por sua fé. Nunca houve tempo para a morte por sua fé. Testemunhas de morrer, não por fé ou para a justiça de Deus, mas as pessoas más que não mudou desde os tempos antigos até hoje.
    Pa z y amistad
    Moschos Lagouvardos

    www.moschoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá irmão!
    Obrigado pelos comentário, seu blog é excelente, muito obrigado pela visita, a Paz do Senhor!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o seu texto, continue assim

    ResponderExcluir
  5. Passe lá no meu blog.
    Se gostar, me adicione.
    Felicidades!
    Abraços,
    João.

    ResponderExcluir
  6. Pois é Francisco...não sabem estes imperialistas que este ódio não terá fim. EUA matam 200 mil pessoas jogando duas bombas atômicas no japão matando milhares de inocentes e dizem que são pacificadores e anjos da paz do mundo. São uns coitados que espalham terror pelo mundo...os verdadeiros terroristas.

    ResponderExcluir
  7. Querido amigo, maravilloso blog, fue un placer encontrarte.
    besitos para ti, que Dios te bendiga.

    ResponderExcluir

The Best Articles