segunda-feira, 10 de setembro de 2012

As Dores do Abandono - Lição 12

"Por que Demas me desamparou..." - [2Tm 4.10]

Este tema, Abandono é de fato uma das aflições de nosso tempo presente e entendo que é digno de ser tratado como de muita importância, visto que os arraiais evangélicos também padecem deste mal. Esta lição vem nos advertir para esta realidade. Sei que alguns escudados por uma cara de pau, dirão ser isto um absurdo, porém, sou mais realista. Só para começar, quantas viúvas não estão no mais completo abandono? De igual sorte também as pessoas que sofreram disciplina, onde estão? E os missionários que retornaram? Estes últimos, estão sem emprego, sem casa, sem sustento... É, talvez este e outros exemplos não aconteçam aí na sua Igreja, contudo, é uma dura realidade. Talvez seja tão real que a Igreja já esqueceu os esquecidos...

I - O ABANDONO FAMILIAR
Isto acontece professor? Sim. Pais esquecem filhos e vice versa. Netos esquecem avôs. Obreiros esquecem de seus tutores, mentores, mestres. O apóstolo Pedro esclarece que a verdadeira religião é assistir às viúvas. O Salvador aponta para a assistência ao faminto, ao nu, ao doente, ao encarcerado e ao sedento como se o fizesse a Ele mesmo [Mt 25.42-43]. O abandono, seja na doença, seja no vício ou na velhice indica insensibilidade, individualidade, intolerância e desamor ao próximo. Na verdade não estamos amando aos outros como a nós mesmos. Nós queremos terceirizar esta função... não queremos visitar, trocar as fraldas dos moribundos, chorar com os que choram... nós não queremos fazer isso. Isto, muitos pensam, é serviço para pastor, missionário, parentes etcétera.

II - O ABANDONO EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS
O abandono em qualquer situação se torna mais difícil, por mais simples que seja o motivo. Muitos lares são desfeitos porque um dos cônjuges vem a ficar desempregado e a outra parte não tolera, não aceita. É a realidade, acontece. Tem Igrejas que não estão  nem aí para os desempregados, pensam assim: "que se virem, não é problema da Igreja...". 

Ao se converterem as pessoas se distanciam em parte de suas amizades uma vez que se envolvem mais com a Igreja, contudo, não é o caso de abandonar os amigos, pelo contrário, esta é a hora de revelar aos outros as mudanças após Deus entrar na minha vida.

III - O DEUS QUE NÃO ABANDONA
Por mais óbvio que seja, Deus não nos abandona. Sim, Ele permite sermos afligidos, provados e até tentados, entretanto, está sempre junto aos seus filhos, fortalecendo, dirigindo, iluminando e sustentando. Penso que o que é muito comum é o homem abandonar a Deus, a Igreja, as alianças feitas não o contrário, Deus não abandona os seus.

CONCLUSÃO
Pode a família, os amigos, a Igreja e até o mundo nos esquecer e abandonar, porém, Jesus Cristo nos prometeu: "eis que estarei sempre convosco até a consumação do século" [Mt 28.20]. Soli Deo Gloria.

Profº Francisco Neto

5 comentários:

  1. Assim diz o Senhor:Eu sou aquele que vou adiante de ti,Eu serei contigo, nao te desampararei nao te deixarei nao temas e nao te atemorizes.DEUTERONOMIO 31,8.O Nosso Deus jamais nos abandona creia simplesmente nisso!

    ResponderExcluir
  2. Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti.
    Isaías 49:15..Deus nunca se esquece dos seus

    ResponderExcluir
  3. Estava lendo certa matéria e vi uma publicação que me chocou, a respeito do abandono a terceira idade, ou falava sobre um senhor que tinha sido encontra morto em sua residência, ate ai tudo bem, logo descobriram que a causa da morte foi pela idade, uma morte digamos que normal, o fato inusitado foi que quem descobriu que o senhor tinha morrido foi o proprietário da casa,que o alugara, que de tanto cobrar o aluguel e não obter êxito resolveu ver qual era o problema depois de três anos de aluguel atrasado quando chegou encontrou o seu inquilino morto,veja quanto tempo se passou sem que alguém procurasse saber dele..que momentos de solidão este senhor deve ter passado..meu Deus..e os filhos,netos,amigos,parentes e.t.c.onde estão?é como diz Salomão tudo passa só o que fica a certeza de um Deus que nunca nos deixa só!Paz do Senhor!
    -Dário Silva_Assembléia de Deus-PE.

    ResponderExcluir
  4. A strong belief in God make us realize that God will never abandon us.So after every abandon we will feel a powerful emptiness,and a great fear of becoming attached with someone else, for not losing him. The truth is that we have to care about one other and became useful and God will show us the way!Thank you for following our blog: http://modapestrada.blogspot.com !

    ResponderExcluir
  5. Um texto extremamente interessante,pois nos dá a certeza de que nunca estaremos sozinhos.Isso é bom.Gostei de ler aqui.Um abraço!

    ResponderExcluir

The Best Articles