terça-feira, 9 de setembro de 2014

O Julgamento e a Soberania pertentem a Deus - Lição 10

Os conselhos do apóstolo Tiago em sua carta são preciosos à vida cristã em nossos dias, aplacando conflitos e demarcando padrões cristãos. Nesta lição a tônica é a soberania e o julgamento exclusivamente divinos, contrapondo com o preconceito e pré-julgamento humano.

O PERIGO DE COLOCAR-SE COMO JUIZ
A ofensa, o Falar mal gratuitamente dos outros, o murmúrio, o julgamento severo e o apontamento em dos erros dos outros são atitudes nada saudáveis ao cristão. Mateus capítulo 7 é claro em dizer que a medida em que julgarmos assim o seremos. Não caia eu neste mal. Me ajuda a vigiar, Senhor, pois, sou pecador e vivo no meio dos pecadores aqui na terra.

A BREVIDADE DA VIDA E A NECESSIDADE DO RECONHECIMENTO DA SOBERANIA DIVINA
Quantos planos já fizemos, projetos que nem se quer saíram do papel, cursos, palestras não assistidas, casamentos falhados, namoros mal sucedidos [...]. Isso tudo nos mostra a brevidade da vida, isto é, tudo se esvai, como a flor e a erva nascemos e brevemente morremos como diz a Bíblia. Cabe a nós buscar em Deus tudo para que tenhamos passos firmes, reconhecendo nossa limitação, humildes, mas também sendo ousados, porém, com os pés no chão e o pensamento em Deus.

OS PECADOS DA ARROGÂNCIA E DA AUTOSSUFICIÊNCIA DO SER HUMANO
A soberba, a arrogância e o orgulho são irmãos, tem por pai a Satanás e por laboratório as pessoas sem Deus. Pelo orgulho e rebeldia de Lúcifer veio a cair [Is 14 e Ez 28], pela soberba de Davi também caiu quando ordenou o censo. A arrogância é contrária à humildade, singeleza e simplicidade. É o poder pelo poder a qualquer preço.

CONCLUINDO
Cabe a cada um de nós se autoexaminar, ver se há algum desses males ou todos eles e mais outros, fazer uma faxina, mudar as atitudes, seguir os ensinos bíblicos e imitar a Cristo, nosso maior exemplo. Soli Deo Gloria.

Profº Francisco Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

The Best Articles