terça-feira, 20 de abril de 2010

7 Motivos para ler a Bíblia e os Livros Teológicos

Bem-aventurado o que lê, os que ouvem e os que guardam as palavras desta profecia...” Ap 1.3

Eu estava lendo esta semana a revista Super interessante, Ed. Nr 277, deste ano, pág. 36, onde publicou-se nesta pagina o artigo: “8 motivos para apostar nos livros”, li e logo no meu coração nasceu a idéia de publicar este estudo. Mais antes me lembrei de quando visitei um amigo enfermo e ao ler a Bíblia para ele e conversarmos, fiquei sabendo que o irmão já lera a Bíblia 11 vezes. Outro dia conversando com um professor do IBADETRIM, ele também me disse que tinha lido a Bíblia várias vezes e mais de 200 livros teológicos. Também lembrei de um artigo do Pr Geremias do Couto, no jornal Mensageiro da Paz, edição nr 1484, pág. 25, de janeiro de 2009, onde ensina sobre este assunto. Nesses dias, estou terminando de ler a Bíblia toda pela 2ª vez e concuí que sei muitto pouco.

Pensando no assunto - muitos são os versos bíblicos que nos exortam a essa prática tão negligenciada pelos atuais cristãos. Já em breve citarei alguns deles. Porém, antes cabem algumas questões que julgo ser pertinente ao estudo proposto: Porque os filhos de Deus não estão lendo a Bíblia? Será que não lhes apraz, i.é., não tem prazer em fazer isso? Não mais se deliciam nas palavras de conforto, de sabedoria, de auto-revelação de nosso Deus? Certamente o ensino para se ler e meditar, conhecer a Palavra de Deus não é negligenciado nos púlpitos, nas aulas de Escola Bíblica Dominical [EBD], e, principalmente nos institutos bíblicos e teológicos. Pensar e meditar de forma simples, realista nessas questões, nos dará uma leitura melhor da origem desta causa, e, sobretudo, seremos desafiados a reagir.

Gastando o tempo – óbvio que estamos gastando muito mais tempo conversando com os amigos no pátio da igreja após o culto, em frente à Tv, plugado na internet, ou Deus sabe lá no que estamos gastando o nosso precioso tempo. É claro que, feitas as devidas ponderações, todas essas coisas mencionadas são importantes e até relevantes para todos nós, contudo, tudo tem limite e prioridades. Somos seres sociais, porém, não devemos esquecer e negligenciar esta identidade enquanto cristão [Mt 6.33, Hb 2.3], buscar a Deus.

Meditar - ao invés de meditar na insondável sabedoria de Deus, nos milagres, no sobrenatural, nas delícias do céu, nas palavras consoladoras e edificantes de sua Palavra, canalizamos estas energias, para usá-las na nossa lida diária, problemas, família, amigos, trabalho, etc. Às vezes isto é tão acentuado que estamos no meio do culto, da pregação ou de um louvor maravilhoso, porém, a alma e o espírito foram arrebatados, somente o corpo está presente, não reagimos, somos ou estamos inertes, parecendo o corpo na missa de corpo presente! E isto é seríssimo.

Quem ler? - se for feita a pergunta: Quantos na minha igreja leu a Bíblia toda de Gêneses a Apocalipse, uma única vez? Pasmem! Teremos poucos na estatística, para a nossa vergonha. A outra pergunta seria: quantos assistem o Jornal Nacional uma vez na semana ou navegam na internet uma vez na semana? Certamente a estatística será maior em número, em relação à resposta da primeira pergunta. A leitura não pode ser relegada aos pastores e ou ensinadores cristãos. Todos, todos precisam conhecer a verdade libertadora [Jo 5.39], independente de termos muito ou pouco tempo de salvação. Alguém disse: “Não há livro no mundo mais perseguido pelos seus inimigos e mais torturados pelos seus amigos, a Bíblia Sagrada”. O porque desta verdade é a falta do conhecimento.

O que ler ? – a preocupação é, se estamos lendo de fato, tomarmos o devido cuidado de não ler lixo, sim, temos muitas ofertas que se dizem boas, mas são fracas teologicamente falando, e, que a prioridade é de leitura da Bíblia e também de livros teológicos como: comentários bíblicos, dicionários e livros expositivos de temas específicos. O Pr Geremias do Couto, no jornal Mensageiro da Paz, nr 1.484, de janeiro de 2009, pág. 25, faz um alerta importante: “Há muito lixo sendo vendo nas livrarias evangélicas...”. E ainda lembra-nos a não sermos extremistas, em ler somente livros teológicos ou ler somente Bíblia. Se eu ler somente Bíblia, tudo bem, ela se auto-explica, o problema é, se ocorrer o contrário. Importa que haja um equilíbrio na leitura, principalmente os vocacionados, e, seria muito bom se o laicato, os leigos também lêssem, especialmente a Bíblia, mas infelizmente isso não ocorre.

Biblioteca, ter ou não ter? o ideal, seria se a igreja oferecesse, especialmente aos professores de EBD uma biblioteca básica, para que estes tenham fontes de estudo, uma vez que nem todos tem condições financeiras para este investimento. Porém, aos que podem, devem ter a sua biblioteca pessoal, não para satisfação pessoal, nem por fetiche, mas para melhor exercer o oficio vocacional da própria vida cristã. Não se concebe somente o púlpito, sala de EBD, faculdade teológica, como fontes principais, deve-se investir, se possível, numa biblioteca básica como uma das fontes.

O que fazer? - muito se falou ou se fala nesta questão, entretanto, pouco se fez ou se faz para mudar a realidade. Nós os cristãos não lemos a Bíblia como devíamos, por isso não a conhecemos, ou ainda, não conhecemos o nosso Deus. Então, é urgente ler e ensinar os outros a lerem.

Versos que nos exortam a ler – Ap 1.3: “Bem aventurado o que ler, os que ouvem e os que guardam as palavras dessas profecias...”; Mt 22.29: “Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus; Jo 5.39: “ Examinais as Escrituras...”; Mt 28.19: “ Ide, ensinai todas as nações...”; Os 4.6: “ O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento...”; Os 6.3: “ Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor...”, e outros tantos.

7 motivos para Lê a Bíblia e os Livros Teológicos:

1. Eu passo a conhecer ao meu Deus – amor, sabedoria, os atributos divinos, doutrinas, etc.; esse conhecimento vai turbinar a cachola do crente;

2. Eu passo a meditar em Deus – Sl 1.2; 39.3; Lc 24.32. Esse meditar nos arremete, nos guinda para perto de Deus, abre o entendimento e nos dá compreensão;

3. Eu passo a ter fé em Deus – fé nas promessas, nas palavras, na igreja, na comunhão, na salvação e no Céu, no Filho e no Espírito Santo;

4. Eu passo a pregar mais – pregar mais a Cristo ou sermões com Cristo no centro. Muitos sermões são antropológicos, i.é, tem idéias humanas no centro e não leva a conversões e mudanças de vida. Logo, eu passo a pregar mais redenção, regeneração, amor, perdão, dentro de uma perspectiva bíblica e teológica;

5. Eu vou orar biblicamente – às vezes, as orações podem não serem atendidas por serem mal feitas. Orar biblicamente nada mais é do que nas nossas palavras inserir as promessas bíblicas, expressar amor para com Deus através de sua própria sabedoria, expor a grandeza multifacetada do Todo-poderoso;

6. Aumenta o meu vocabulário – como somos pobres de assunto, e, principalmente no expressar as palavras. Ler significa exercitar a mente e assim ter contato com um universo de histórias e de palavras. É por isso que os mais velhos da igreja não caducam, suas mentes ficam frutíferas, porque são constantemente levadas a entender as coisas de Deus, de lembrar, em fim, exercitam a massa cerebral;

7. Eu vou falar e escrever melhor – se eu falo, falo melhor, e, se eu escrevo, serei mais preciso e terei mais facilidade em escrever porque a soma de conhecimento, consequentemente, de argumento é maior.

Por Francisco Araújo Netto.

Fontes:
Bíblia de Estudo Plenitude, edição revista e corrigida. Ed. SBB. 1995. Barueri, São Paulo. 1526p.
Mensageiro da Paz. Jornal. Ed. Cpad, ano 79, nr 1484, Janeiro de 2009, Rio de Janeiro. 28p.
Super interessante. Revista. Ed. Abril. nr 277, Abril de 2010, Rio de Janeiro. 92p.

4 comentários:

  1. A Paz do Senhor Irmão.
    Obrigado por me seguir e postar um comentário.
    Agora estou te seguindo, tambem, gostei do seu blog.
    Que juntos possamos fazer uma teologia pura.
    www.gtercio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo trabalho irmão, continue, avance e jamais esmoreça porque a seu tempo você colherá frutos abundantes para a glória de Deus! Meu blog não é de evangelismo, escrevo para jovens, na linguagem deles mas com um propósito, tento passar a mensagem que há sim, possibilidade de vivermos no mundo sem fazer o que ele determina ser o "normal". Graça e paz abençoado!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns caro colega professor Netto. este blog é uma benção e estou sempre lendo e relendo seus textos, parabéns por este post.

    Prof. Marcelo Marques

    ResponderExcluir
  4. Gloria a Deus masi um blog para manifestar o conhecimento de Deus para este mundo perdido, parabens amado que Deus venha te usar cada vez mais nestas postagens. Deixa um conselho no meu blog, suas palavras serao bem vindas.

    ResponderExcluir

The Best Articles