terça-feira, 19 de outubro de 2010

Orando como Jesus Ensinou - Lição 5



Disse Jesus: "Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á" - Mt 7.7

INTRODUÇÃO
Notadamente a oração que Jesus Cristo ensinou é a oração mais conhecida dentre todas da Bíblia, nem mesmo a oração sacerdotal [Jo 17], ou ainda a oração pela cura de Lázaro [Jo 11], a oração feita por Moisés em favor dos Hebreus, quando sisse: “... perdoa o seu pecado, se não, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito” [Ex 32.32], nenhuma desta é mais conhecida do que a que ensinou Jesus em Mt 6.9-13. Muitos são os exemplos a citar, contudo, esta oração que Jesus Cristo ensinou aos seus discípulos destaca-se pela singeleza, i.é, simplicidade e objetividade.

Que fique bem claro que é uma oração que Jesus Cristo nunca fez e nem poderia fazê-la, veja: "E perdoa-nos as nossas dívidas..." [Mt 6.12]. Por ter ficado conhecida como "oração do Senhor" poderia ter sido melhor intitulada como "oração modelo" ou "oração dos discipulos", pois, Jesus Cristo apenas a ensinou. A estrutura desta oração é singular: a primeira parte foca os desejos de Deus e a segunda, nas necessidade humanas. Na segunda parte [v.13] "E não nos induzas à tentação..." [Mt 6.13], tradução ARC é uma tradução equivocada, visto que Deus a ninguém tenta [ver Tg 1.13]. A tradução mais certa seria "E não nos deixes cair em tentação...". O fecho final: "Pois teu é o reino...", não consta nos manuscritos mais antigos, foi acrescida por copistas e talvez se baseia em 1Cr 29.11-13 ou em Rm 11.36. Não se trata de uma fórmula mágica para ser usada mecanica e friamente como tem sido feita.

I. A ORAÇÃO DEVE SER INERENTE AO CRENTE
Os discípulos ao verem Jesus orando lhe pediram que lhes ensinassem a orar. O interessante deste pedido é que eles os discípulos de Jesus mencionam que João Batista ensinava a seus discipulos [Lc 11.1]. Observe bem que João Batista fica em evidência, logo, os discipulos de Jesus viram que João e os seus estavam orando, Jesus também, mas os discipulos de Jesus ainda não haviam sido ensinados a orar pelo seu Mestre. A pergunta prática é: estamos nós ensinando corretamente os alunos de EBD a orar? Estamos nós orando da forma certa?

Os discípulos conheciam bem a história bíblica, pois eram judeus. Eles sabiam que Moisés, Samuel, Davi e todos os profetas oravam continuamente. Sabiam que Daniel era fervente em oração. Saber orar e a sua importância é primordial, sobretudo, entender o que ensinou Jesus aos seus discipulos: Não ser como os hipócritas [Mt 6.5], significa falar de si para si, chmar a atenção para si, com altivez, divorciado de humildade, simplicidade. Ao orar é preciso ter coração contrito, quebrantado, oferecer sacrifício vivo àquele a quem é alvo da oração, a saber, Deus.

É impossível ser discípulo sem conversar ou conhecer aquele que o discipula, i.é, com o mestre. Jesus deu exemplo: Mt 14.23; Mt 26.36, 44; Mc 6.46; Lc 5.16; Lc 6.12; Lc 9.28; Lc 11.1.

II. A ORAÇÃO MODELO
Quando se fala em “Oração modelo” não está implícito que tenha que ser unicamente naquele formato, engessado, ortodoxo, do contrário, isto seria uma reza, i.é, uma frívola repetição. Contudo, a idéia de oração modelo é exatamente na essência de seu conteúdo, onde destaca-se o reconhecimento do senhoril de Deus; O Reino; a Submissão/Sustentação de Deus e o Perdão.

Ao lermos: “Santificado seja o teu nome” Mt 6.9 estamos declarando a santidade de Deus [Is 6.3; Is 12.4]. O nosso conceito de “Deus Santo” é fraco e insuficiente no nosso vernáculo. Por exemplo, Deus é o Criador dos Céus, da terra e do s mares. Também é Criador de tudo que tem fôlego de vida. Criador de todas as Leis. E ainda ousamos dizer que “Deus tem poder”, quando o certo é: “Deus é o Poder”.

Esta expressão “Seja feita a tua vontade” [Mt 6.10] parece perdida e sem nexo com as outras expressões, porém, só parece, pois, trata-se de um ensino precioso. O homem se submete ao seu chefe, ao dinheiro, às intruções médicas, às regras de trânsito, contudo, tem dificuldade de submeter-se a Deus, mais diretamente à sua Palavra, a Bíblia. Jesus deu exemplo [Jo 4.34; Mt 26.39; Todos os discípulos também, pois, cumpriram o “ide” a todas as nações.

III. DECORRÊNCIAS PRÁTICAS DA ORAÇÃO MODELO
Não pensemos que a mesa farta, a dispensa e/ou a geladeira cheia é fruto da força do nosso braço sem o a sustentação divina. Somente os loucos autossuficientes é que são assim. Compensa ler Sl 127.2; Dt 11.14,15; Dt 28.12.

Como todos pecaram [Rm 3.23] e ninguém há na terra que não peque [Ec 7.20], convém buscar perdão por nossas dívidas, aborrecimento a Deus [Jo 7.7; Jo 15.18,23-24]  e/ou entristecimento do Espírito [1Ts 5.19]. Lembrando sempre que este perdão de Deus está condicionado ao perdão aos nossos devedores, i.é, temos que perdoar primeiro [Mt 6.14-15].

O pedido de livramento do mal não quer dizer que eu ou qualquer outro cristão salvo esteja livre de me cuidar, de vigiar, orar ou ainda de tentar a Deus [Mt 4.6-7]. A Palavra é muito clara quando afirma: "fugi do mal e da sua aparência" [1Ts 5.22; 2Tm 3.5]. Maldito é aquele que peca por dolo, ou seja, ao invés de fugir ele corre para o pecado. É desertor.

CONCLUSÃO
João 15.7 é muito claro, patente: “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito”. Será que meus pensamentos, pedidos, projetos, sonhos... estão vinculados totalmente à vontade de Deus, à Bíblia e à Igreja? Se sim, Ok. Temos grande chance de nossas orações serem atendidas positivamente. Soli Deo Gloria.

Profº Netto, F.A.

Fontes:
Revista Ensinador Cristão, Ed. CPAD, nº 44, p.38.
BOYER, Orlando. Espada Cortante. 2. ed. Rio de Janeiro, CPAD, 2006.
GEORGE, Jim. Orações Notáveis da Bíblia. 1. ed. Rio de Janeiro, CPAD, 2007.
RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1. ed. Rio de Janeiro, CPAD, 2007.

15 comentários:

  1. Muito precioso! Eu adorei isso! Obrigada e
    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. muito bom seu blog, parabens Deus abençoe, já estou seguindo, se puder da uma passada no que eu criei a pouco.

    o-cristao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Deus abençoe sua vida meu irmão, precisamos mesmo orar corretamente e pelos motivos certos.

    Mauricio Fernandes

    www.principiocristao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela palavra em meu blog, Deus o abençõe, eu respondi lá.

    Paz!!!

    ResponderExcluir
  5. Caro Neto,

    Quero aqui agradecer pela sua visita ao blog [Idéias Protestantes]. Seu blog está muito instrutivo. Continue meu irmão! Que Deus continue abençoando o seu projeto na web.

    Um forte abraço.
    Marcos Sampaio

    http://www.marcossampaio.com.br

    ResponderExcluir
  6. Graça e paz irmão Netto, obrigado pela parceria, já me tornei um seguidor do blog, se quiser fazer troca de banners, é só adicionar o meu e relatar no mural de recados em meu blog, um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Minha oração é para nosso grandioso Deus abençoar muito esta pessoa agradável, inteligente, simpática, ética, comunicativa que é você! Obrigada Senhor por esta vida!

    ResponderExcluir
  8. Prezado Professor Francisco Neto, a Paz do Senhor!

    Recebi com a alegria seu ingresso entre os seguidores do pastorguedes.blogspot.com e imediatamente procurei seguir o seu excelente blog também.

    Gostaria de propor uma "parceria" de divulgação. Você divulgaria meu blog entre os recomendados e eu recomendo o seu. Pode ser? Ah, também inscrevi-me em seu canal no youtube.

    Forte Abraço.
    No Amor de Cristo!

    ResponderExcluir
  9. Bună ZIUA !
    Domnului Francisco Araújo Netto !
    ~
    Vă mulţumesc !
    Pentru curiozitatea dvs., vă mulţumesc pentru că EXISTĂM !
    Portugheza, engleza, rusa, araba, chineza etc. tehnologic pot fi "traduse" (deocamdată cu imperfecţiuni evidente) de vreun "motor" ...
    Măcar ... îţi faci "IDEE" despre conţinut !
    ~
    "PESQUISAR NESTE BLOG = Căutaţi în acest blog"
    Aşa voi face ! Vă mulţumesc pentru OFERTA dvs.
    Dumnezeu NU ţine cont decât de REFLEXIA fiecărui individ, în OGLINDA IUBIRII SALE NEMĂRGINITE !
    Şi este DoarATAT: ... un aspect, din ceea ce putem, în Neputinţa noastră (!) ... de A FI !
    Căci: Fără de Dumnezeu este doar MOARTEA (sau ... Nefiinţa !).
    ~
    Toţi suntem Fraţi şi Surori în CREZ !
    Indiferent de "Modul" ... în care (prin tradiţie, sau pervertire a "Cunoaşterii" ... spre ... ŢĂRMURI mai pitoreşti !) ni-l manifestăm.
    ~
    Este VIE Voia TA, Doamne Dumnezeule !
    ~
    Cornelius,

    ResponderExcluir
  10. Bună Ziua !
    SLAVĂ Tatălui şi Fiului şi Sfântului Duh ! Amin.
    Domnului Francisco Araújo Netto !
    ~
    Am folosit "motor" de tradus ... şi m-am întors după ACEST prim articol "citit".
    Rugăciunea Domnească, sau "Tatăl nostru" ... aici aţi prezentat ... câteva aspecte.
    Dvs. consideraţi că această RUGĂ, ar avea o ADĂUGIRE ... făcută de cărturari (deci ... ulterioară !) ... culegerii BIBLIEI ! (pentru mine este o noutate, dar ... atât !).

    Doar DUMNEZEU ... ŞTIE !!!

    Şi ... prin manifestările umane ... "concluzionează" că ... NU a fost "Bine" înţeles, ... ŞI ... modifică, TOT prin Oameni (cărturari !!!) ... în mod BENEFIC.
    ~
    Deocamdată, existenţa noastră ESTE supusă ... VIBRAŢIEI CUVÂNTULUI !!!
    Deci, practic ... fiecare dintre noi, "traduce" atât cât ... "poate" !
    ORICE cuvânt, propoziţie, sau frază ! De ORIUNDE ! ~ apoi ... ASIMILEAZĂ ... DoarATAT: cât l-a "dus" capul ! Adică: "DUPĂ VOIA SA !" ... acceptată, sau nu ! ... transpusă în Viaţă, sau nu ! ... dăruită şi altora, sau nu ! ...
    ~
    Voi reveni pentru a înţelege ce semnifică ... "elev EBD" (?) !!!
    Oamenii ... sunt "elevi" permanenţi ai Şcolii Vieţii ... pe care şi-o ASUMĂ !
    ~
    Dumnezeu să vă Binecuvânteze !
    ~
    Cornelius,

    ResponderExcluir
  11. Paz guerreiro!
    Depois da uma olhadinha nos novos vídeos que coloquei no meu blog sobre o ensino!
    Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  12. Grata pela visita.
    Passarei a seguir-te.
    Ao estar aqui senti a Luz Divina radiando!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Nice blog and web design.

    http://youcanfacetodaybecausehelives.blogspot.com

    ResponderExcluir

The Best Articles