quinta-feira, 7 de junho de 2012

Revista do Terceiro Trimestre de 2012 - CPAD

Depois de muitos dias sem nada publicar neste pagina, aproveito a oportunidade hoje para fazê-lo por ocasião da divulgação da Cpad, sobre o tema das próximas lições. 

Particularmente, não me senti muito atraído com os temas, penso que baseou-se em uma linha muito pastoral, isto é, trouxeram temas avulsos e pulverizados, quando poderiam centrar em temas de cunho mais teológicos visando especificamente ensinar. Penso que a função evangelística e ou de temas avulsos cabe muito bem ao sermão pastoral, no púlpito. Talvez eu esteja errado, talvez o meu entendimento da função da EBD [ensinar] esteja equivocado. No entanto não arredo desta posição: a EBD é estritamente para ensinar. As almas se convertem e depois devem estar na EBD para crescer em sabedoria, estatura, graça e entendimento.

São estas as lições desta revista:
Lição 01 – No Mundo Tereis Aflições
Lição 02 – A Enfermidade na Vida do Crente
Lição 03 – A Morte para o Verdadeiro Cristão
Lição 04 – Superando os Traumas da Violência Social
Lição 05 – As Aflições da Viuvez
Lição 06 – A Despensa Vazia
Lição 07 – A Divisão Espiritual no Lar
Lição 08 – A Rebeldia dos Filhos
Lição 09 – A Angústia das Dívidas
Lição 10 – A Perda dos Bens Terrenos
Lição 11 – Inveja, um Grave Pecado
Lição 12 – As Dores do Abandono
Lição13 – A Verdadeira Motivação do Crente
Lição 14 – A Vida Plena nas Aflições                                                                   Soli Deo Gloria.


Prof Francisco Netto

12 comentários:

  1. PREZADO PROFESSOR FRANCISCO NETO,
    A EBD SIGNIFICA ESTUDAR A BÍBLIA NO DOMINGO. NÃO É UM CURSO DE TEOLOGIA PARA FORMAÇÃO DE PASTORES, MAS PARA ENSINAR A TODOS A VIVER NA TERRA COM O DEUS DO CÉU. OS TEMAS SÃO, PARA MIM, EXTRAORDINÁRIOS: TRATA-SE DE TEOLOGIA PARA A VIDA PRÁTICA. NÃO TRATA DE ABSTRAÇÕES, MAS DE PRATICIDADE DA VIDA. BONS ESTUDOS PARA TODOS NÓS.
    PASTOR GERALDO MAGELA

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Professor Francisco Neto, POIS A CPAD ESTÁ QUE MEIO QUE PERDIDA DEPOIS DE UM ESCATOLOGICO COLOCAR UMA REVISTA FALANDO DE Aflições, esta revista deveria ter surgido antes do estudo do apocalipse, assim seria mais coerente, não que o assunto não nos interessa mais que se mostrou fora do contexto,É COMO ENSINAR ALGEBRA E DEPOIS ENSINAR A CRIANÇA A CONTAR, pois estamos vivendo neste anos ainda muito ventos de doutrinas, falsas profecias e que a cpad está perdendo o foco SEM DIREÇÃO, precisa imediatamente umA coordenação editorial mais competente. O ANO DE 2012 CONHECIDO PELA MÍDIA COMO O ANO DA PROFECIA E A CPAD NÃO ESTÁ PREOCUPADA EM DEFENDER A FÉ MAS SIM SÓ VENDER REVISTA E CARAS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É VERDADE MUITO CARAS! EU JÁ TIVE DIFICULDADE PRA FAZER COM QUER ALUNOS DA CLASSE DA MINHA CONGREGAÇÃO COMPRASSE ESSAS LIÇÕES QUE DE 6 EM 6 MESSES AUMENTAM O PREÇO, ESSE TRIMESTRE NINGUÉM PODE COMPRAR NA MINHA CASA. EU CONHEÇO IGREJA QUE MESMO SEM EDITORAS PRÓPRIAS TEM LIÇÕES DE ESCOLA BÍBLICAS MAIS BARATAS, ENQUANTO A NOSSA ASSEMBLÉIA DE DEUS COM UMA EDITORA PRÓPRIA TEM NÃO SÓ A LIÇÕES DA EBD MAS TAMBÉM OS LIVROS MAIS CAROS. VÁ TRABALHAR COM ESCOLA DOMINICAL NO SERTÃO NORDESTINO PRA VOCÊ A DIFICULDADE DE VENDER.

      Excluir
  3. cada um fala o que quer tudo e atraves de oração

    ResponderExcluir
  4. Pastor, creio que o senhor tenha razão em se posicionar contra os temas propostos nesse trimestre, porém sei que são importantíssimos, principalmente para os novos convertidos que vivem as aflições do mundo sem um conhecimento mais profundo das coisas divinas. "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará", é nisso que me fundamento para, embora respeitando, discordar da sua opinião.Paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  5. Meu amado irmão, se ficou por muito tempo sem publicar nada, e depois desse silêncio, vem com críticas infelizes, é mais salutar que fique mais algum tempo quietinho, orando e pedindo a Deus a direção e talvez se oferecendo em ajudar na obra, falando menos e ajudando mais. Me desculpe a sinceridade.
    A paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  6. jamais entenderei o ser-humano, a fé das pessoas entrando em declinio espiritual por causa de enfermidades que esta assolando o mundo, vem um ensino maravilhoso como este p/ edificar a fé dos meus irmãos e aparece pessoas para críticar esta obra.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Quanto as lições da CPAD, sou aluno desde minha infância, creio o corpo editorial que idealiza e produz nossa revista, que são ministros de Deus, sempre pensam no melhor para o povo de Deus. Existem assuntos que precisam ser abordados frequentemente.
    A EBD, mesmo não sendo a única fonte de conhecimento da Igreja, não pode ser desprezada, mas sempre pode andar em conjunto a outros espaços para conhecimento de outros estudos indispensáveis à Igreja. Levando em conta que a EBD é uma das bases de ensino de toda Igreja, mesmo para igrejas que não fazem parte de nossa denominação.
    Cada pastor deve estar atento para que suas ovelhas "comam" de todos os subsídios possíveis para seu fortalecimento espiritual e para o conhecimento de Deus em meio a um mundo tenebroso e carente de sua Palavra. Pb. Atuante na AD Vitória/ES

    ResponderExcluir
  9. Pelo menos para mim,estas lições tem sido bençãos.temas marcantes envolvendo a família com cristã com ensinos práticos para a vida espiritual e secular.Penso que temas como esses chamam mais a atenção dos alunos.Logicamente que respeito todas as outras opiniões.Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  10. Pelo menos para mim,estas lições tem sido bençãos.temas marcantes envolvendo a família com cristã com ensinos práticos para a vida espiritual e secular.Penso que temas como esses chamam mais a atenção dos alunos.Logicamente que respeito todas as outras opiniões.Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  11. Entendo plenamente a preocupação do irmão, tive a mesma impressão e vou mais além, algumas lições como por exemplo "divisão espiritual no lar" deveria ser contextualizada com a realidade da Igreja contemporânea, ficou extremamente superficial, poderia ser mais ampliada. Gosto muito das lições produzidas pela CPAD, mais com certeza esse trimestre deixou a desejar,ao ler as lições tinha a sensação que faltava alguma coisa. Não podemos esquecer que as lições são para jovens também, e como falar de viúves... é complicado motivá-los com esses temas.

    ResponderExcluir

The Best Articles