domingo, 10 de junho de 2012

A missão da Igreja: Não é a política? [parte 1]

 
Particularmente, ainda não me convenceram de que a Igreja precisa se envolver com a política para cumprir a sua missão. Muitos no afã de se enveredarem por este mundo e de viverem em função de seus interesses, dizem que precisam do apoio da igreja para se elegerem e trazer assim mais condições financeiras, ou seja, mais dinheiro para investir no social, na educação e nos interesses particulares da igreja.

Até quando? Esta escusa não cola mais. Muitos já tropeçaram nesta mesma pedra, outros se deram muito mal. Traduzindo: viraram as costa à bandeira de Cristo, afastaram-se dos propósitos da Igreja, perderam o foco da missão principal do cristianismo, que é o de ganhar almas. 

Jesus Cristo não veio reinar politicamente, pelo contrário, disse que aquele que não aborrecer seu pai ou mãe não seria digno do evangelho. Mas alguns querem  ser grande construindo o próprio reino e usar a Igreja, com a desculpa de que tudo será em favor dos propósitos eclesiais.

Estou cansado de ver a política reinar dentro dos arraiais e isto no lugar de Cristo. Nas entradas das igrejas e nos programas patrocinados pelas igrejas há cunho político e não de evangelismo... A Igreja definitivamente perdeu o foco da sua missão. Soli Deo Gloria.

Profº Francisco Netto
WebRep
Classificação geral
Este site não tem classificação
(número de votos insuficientes)

3 comentários:

  1. Como igreja de Cristo podemos exercer o nosso direito de cidadão sem transformar a casa de Deus em comícios e os púlpitos em palanques. Púlpito é para pregar a mensagem genuína da Cruz, do Evangelho que Liberta, que Transforma... Precisamos está atentos diante dos fatos... Deus está nos vendo... Abraço amigo e quando possível, visite meu espaço... Meus Poemas Minha Vida... Espero que goste!

    ResponderExcluir
  2. ¡Enhorabuena por su entrada!
    Dios le bendiga.

    ResponderExcluir
  3. Que o Senhor Jesus possa estar colocando esse mesmo sentimento no coração de todos os filhos de Deus neste país! Não devemos por nossa esperança na política e no governo desse mundo. Sim A Bíblia nos diz para obedecermos as autoridades terrenas, desde que de tais ordens ou leis, não batam de frente com os mandamentos divinos. Mas um outro lado, neste mundo somos apenas peregrinos. Nossa esperança não está aqui, está no Reino Celestial!

    Certo dia, na faculdade, estava em uma roda de conversa, de amigos cristãos... um amigo e irmão, pastor, colega em minha turma do curso de Direito, não gostou do fato de eu não concordar com cristãos que se envolvem com política... ai ele me disse: "pois quando você terminar este curso, você será o primeiro a se candidatar e ganhar um cargo no legislativo." Eu o repreendi no momento.

    Não creio que sempre que um cristão, entra na política, ele vá se corromper... ele pode ou não pode, porque todos nós somos fracos, e se estamos de pé, devemos cuidar para não cair...E ele tem até mais chances de não se corromper do que muitas pessas mas a questão não é só essa:

    Você pode até ter boas intenções, ser exemplarmente honesto... querer ajudar os pobres, ou promover e defender a fé de forma grandiosa... mas para cada pessoa de bem no cenário político, existem 10 usadas pelo diabo...

    Não se enganem, nem precisamos ir a fundo na Bíblia para perceber isso!

    Olha o exemplo da candidata cristã, que grande parte dos evangelicos estavam promovendo nas ultimas eleições para presidente... Estavam todos querendo promover esta cristã, para o cargo... porque a atual presidente iria promover coisas contrarias à biblia... aborto, lei da homofobia (no caso da lei punir quem criticasse religiosamente o homossexualismo) etc...

    Mas será que a candidata cristã, seria capaz de evitar estas coisas??? Absolutamente não!!! Sabe por que?

    O que a candidata cristã disse que iria fazer para resolver questões como aborto, homosexualismo etc??? Ele disse que iria promover um referendo (ou seja, jogar pro povo decidir)... vocês acham que a opinião cristã ia prevalecer nessa votação????
    Gente, ela queria agradar o publico cristão, mas não keria desagradar o restante da população... isso é a politica...

    Ledo engano!

    "ha!! mas não podemos deixar candidatos não-cristãos no poder, se não seremos perseguidos!!!"
    Amados a Palavra tem que se cumprir! Ou será que quando o anticristo for revelado, alguem conseguirá impedir que ele suba ao poder???

    Por mais que um parlamentar ou mesmo executivo no poder, faça muitas coisas boas, inclusive pelos necessitados... depois virá um, que destruirá toda essa obra...

    E nós, cristãos, devemos fugir da exaltação! Ou o meio da politica não exalta o candidato?

    Se devemos fazer obras sociais, que as façamos juntamente com a Igreja, e não como individuo para tocar trombeta diante de si mesmo.

    Antes de querer se candidatar, pense antes de tudo na obra de pregação do Evangelho!

    Parabéns pelo artigo Prof Francisco Netto

    Pr. Alisson Lopes

    ResponderExcluir

The Best Articles