sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Assassinato durante culto evangélico

Que país é este? Estamos presos, aflitos dentro de nossas casas, na rua e até nosso trabalho. Nossos filhos estão na escola, porém nossos corações aflitos se preocupam. Lá estão matando, vendendo drogas [...] Os números são cada vez mais astronômicos, a matança humana no Brasil e sem tamanho. As Leis não conseguem frear. De maneira que em casa, no trabalho, na escola ou nas ruas ao invés de estarmos a salvo, somos alvo.

Antes de ontem a noite ocorreu mais uma dessa barbáries de nos deixar pasmados. Assassinaram uma pessoa enquanto assistia a um culto evangélico em São Paulo [Assassinato dentro de igreja durante culto]. Nem na Casa de Deus estamos seguros. Todas as Leis estão sendo atropeladas em nossos país e nós estamos perdidos, pois esta mesma Lei versa contra nós, caso venhamos a ser justiceiros. O que fazer? Autoridades, legisladores, magistrados, até quando? Nunca se matou tanto em nosso país. Recentemente era contra os policiais [...]

Já não basta a corrupção, a injustiça social, a educação e a saúde em segundo plano. A violência, desde Caim continua ecoando nos nossos dias. Resta rogar a Cristo que volte logo. Já não suportamos mais. Soli Deo Gloria.

Profº Francisco Neto

Um comentário:

  1. Olá, mestre!
    Tudo isso que acontece sempre é muito triste: violência de toda ordem.
    É pena, porque há uma proposta de Jesus que poderia por fim a tudo isso: amai-vos uns aos outros... Mas sabemos o quanto é difícil essa caminhada, apesar de ser a solução para os males humanos.
    Bom Natal e feliz ano novo, mestre. Obrigado pela visita ao blog e suas palavras incentivadoras.
    Abs.

    ResponderExcluir

The Best Articles