segunda-feira, 24 de março de 2014

O Legado de Moisés - Lição 13

Inalcansável talvez seja a palavra mais certa para definir o legado do grande líder hebreu que foi Moisés. A importância de sua liderança é realmente pioneira, porém, inigualável. Foi importante para a história israelita, à história humana e sem dúvida à igreja.

Os Israelitas - Pela liderança mosaica os hebreus se tornaram povo particular de Deus; receberam a gloriosa presença de Deus, Leis, como cultuar, promessas e proteção.

Arcabouço Doutrinário - Através de Moisés Deus fez chegar os livros de Gêneses a Deuteronômio, o salmo 90 e alguns afirmam também que até o livro de Jó, apesar de que particularmente eu não concorde com esta última afirmação. Vale lembrar que na confecção de Leis penais, centenas de nações bebem nesta água que é a Lei mosaica. Também é importante ressaltar que tudo o que foi escrito através de Moisés primeiramente Deus falou, o inspirou, deu entendimento, logo a sua intimidade com Deus fica registrada.

Em o legado de Moisés, maior líder israelita de todos os tempos ressalto alguns ensinos nas letras do seu emblemático nome:

M - Mansidão. O "M" mosaico nos remete à mansidão registrada no conceito de Nm 12.3. E realmente foi preciso viver em mansidão durante 40 anos no trato direto com um povo ex-escravo, idólatra, murmurador, ingrato e sem limites para o mal. 

O -  Obras. Rico em obras, exercitou a fé como nem um outro no AT. Incansável mesmo já na idade avançada. Inclusive, quando da visita do sogro e sendo instruído a separar homens capazes, tementes, não avarentos e verdadeiros à obra, ele mesmo, o próprio Moisés é quem ensina os homens a julgar, a 10, a 50, a 100, e a 1000 com retidão e justiça, não terceirizou a obra [Ex 18].

I - Intimidade. Aqui é que se aquilata o valor de um verdadeiro líder espiritual. O alto padrão e a autoridade a nível extremo. Ex 33.11 fala de falar face a face com Deus e isto é desafiante para mim, e, certamente longe da realidade de muitos.

S - Sobrenatural. Nunca antes na história israelita e nem depois, exceto no período de Jesus Cristo, houve o mover sobrenatural de Deus através do homem no mesmo poder. A ponto de destruir um país inteiro, abrir um mar, matar um exército, transformar água amarga em água doce, dar alimento não somente 1 vez mas durante 40 anos [...] nuvem de fogo e nuvem protegendo contra o sol, vitórias em muitas guerras, estremesser o Sinai [...].

E - Exemplo de líder. Creio que a palavra mais precisa agora seja esta exemplo. Nos 40 anos de intermédio entre Deus e o povo, Moisés jamais falhou e até na hora que se irou, mesmo assim Deus o honrou e o milagre aconteceu [...].

S - Submissão.  Isto era real e imediato em Moisés. Cumpriu as ordens de Deus sem titubear: Saiu da casa do sogro, seguiu ao Egito, enfrentou faraó, ouviu Deus quando para abrir o mar, louvou na vitória, enfrentou os errantes, não se afrouxou nas Leis e não poupou nem parentes, subiu ao monte Sinai muitas vezes [...], viveu em submissão!

Me lembro ainda que Moisés liderou nos seus últimos quarenta anos de vida, diferentemente de José que começou na juventude, assim como Salomão, Davi, Daniel e até o profano Alexandre começou ainda jovem, mas Moisés não, Deus o fez líder nos seus últimos 40 anos de vida. Aos 40 anos no Egito foge para midiã, aos 80 é chamado e então começa a sua saga e por fim nos deixa o precioso e inigualável legado de fé, mansidão, obras, intimidade com Deus, poder no sobrenatural, exemplo e submissão. Valores tão urgentes para os nossos dias. Soli Deo Gloria.

Prof Francisco Neto

2 comentários:

  1. Gostei. Muito em poucas palavras...

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto professor.
    Deus continue te abençoando.
    abraços,
    http://wandersonsabino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

The Best Articles